Adélio o agressor de Bolsonaro, segundo laudo tem doença mental

Segundo laudo de Adélio Bispo de Oliveira, o homem que tentou matar o presidente da república Jair Boolsonaro antes mesmo de ser eleito, aponta que Adélio Bispo de Oliveira sofre de uma doença mental conhecida como
transtorno delirante permanente paranoide .

A justiça

Marcelo Medina o procurador da República informou o dia notícia que os resultados da perícia médica resultou em dois laudos, um psiquiátrico e um psicológico, a também advergência sobre o laudo psiquiátrico de Adélio no passado.

A Justiça determina que Adélio Bispo de Oliveira, réu confesso da justiça pelo tentativa de omicídio se não for condenado pela justiça, pode ser levado para um manicômio judicial por tempo indeterminado e terá uma avaliação médica de dois em dois anos.

Adelio Bispo de Oliveira, suspeito de ter dado facada em Bolsonaro — Foto: Reprodução/GloboNews

Inquéritos

Logo após o fato ocorrido em Juiz de Fora, dois inquéritos foram abertos pela Polícia Federal. O primeiro, finalizado em 28 de setembro de 2018, conclui que Bispo agiu sozinho no momento do ataque. Neste ele foi indiciado por prática de atentado pessoal por inconformismo político, crime previsto na Lei de Segurança Nacional. A denúncia do Ministério Público Federal foi aceita pela Justiça.

Voce também pode gostar

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.